We noticed you are coming from US. Would you like to continue shopping on Abposters.com?

Cinco Factos: Tudo sobre Monet

06. 06. 2018

Claude Monet é um celebrado Francês pioneiro no impressionismo, um estilo de arte que apresenta a realidade e a vida comum com pinceladas expressivas e com brincadeiras de luzes e sombras. O seu trabalho revolucionário está entre as obras mais caras e reconhecidas; em particular os seus quadros a óleo de lírios da água ou campo de papoilas. Infelizmente, a vida interessante e excecional de Claude Monet é desconhecida por muitos; por esta razão, vamos contar-lhe 5 factos sobre o pai do impressionismo.

1. A Frustração fê-lo saltar para o Sena

Todos os estudantes conseguem concordar que o sistema de educação pode levar ao ponto de quererem atirar-se para a frente de um carro em andamento. Bom, com o nosso adorado Monet não foi diferente. Enquanto estudava na Académie, uma reconhecida escola de artes francesa, Claude não era capaz de lidar com os métodos standardizados e pouco inspiradores dos professores. As suas tentativas mostrar os seus trabalhos artísticos nas exposições da Académie não deram frutos e o sufoco financeiro da família estava a levá-o à depressão. A sua solução? Em 1868 atirou-se de uma ponte para o Sena. Felizmente o artista sobreviveu à sua queda ao rio de Paris e eternizou o seu quase local de morte em vários quadros.

2. A história das mulheres

A primeira mulher de Monet, Camille Doncieux, foi o motivo e inspiração de muitos dos seus quadros, como por exemplo o Mulher com um guarda-sol. Depois do seu segundo filho ter nascido, Camille foi diagnosticada com tuberculose e cancro uterino, o que rapidamente terminou com a sua curta vida, aos 32. O quadro de Monet da mulher na cama onde faleceu é considerado um dos trabalhos que mais suscita emoções. Depois da morte da sua mulher, Claude casou com Alice Hoschedé, um viúva com seis crianças que tinha ciúmes da primeira mulher de Monet até ao fim dos seus dias. (Curiosidade: Mais tarde, o filho de Monet veio a casar com uma das filhas de Hoschedé)

3. A sua batalha com o desaparecimento da visão

O artista foi diagnosticado com cataratas em 1912, uma condição que ofusca a visão. A sua visão deficiente levou a uma limitação do espetro de cores e os quadros de Monet adotaram tons mais avermelhados. Apesar da sua classificação como cego em 1922, o seu brilhantismo não o deixou desistir de pintar. Monet continuou a produzir arte com grande detalhe, apesar de algo nebuloso; ao memorizar a localização dos seus quadros. Como nota à parte, alguns críticos sugerem que a sua assinatura de estilo impressionista pode ser derivada da sua visão cansada, em vez do seu talento artístico.

4. Ele aparece num dos quadros de Renoir

Durante o seu verão nos subúrbios de Paris, Argenteuil, o seu amigo e artista companheiro Pierre-Auguste Renoir fez-lhe uma visita, em 1873. Os artistas passavam muito tempo na rua, a pintar durante horas sem fim e partilhando o seu ódio conjunto à Acádemie. Enquanto Monet estava a pintar as flores no seu jardim, Renoir optou por recriar a imagem do seu amigo durante o seu passatempo preferido. O estilo honesto de Renoir permitiu-lhe dar simplesmente o nome ao quadro de “Monet a pintar no seu jardim em Argenteuil”.

5. Lírios de água

O obsessão de Monet com Nymphaeaceae, ou mais correntemente “lírios de água”; levaram-no a criar mais de 250 quadros de óleo a retratar as flores delicadas, maioritariamente durante os 30 anos de vida. E quando tirava uma folga de pintar as suas plantas preferidas, passava tempo a remodelar o seu jardim, criando uma maior inspiração para o seu trabalho. A série Lírios de Água foi caracterizada como “A Capela Sistina do Impressionismo” e está exposta em museus por todo o mundo.

Monet alcançou o sucesso apenas no fim da sua vida; e infelizmente a fama caiu a pique depois da sua morte. Contudo, a sua influência no meio artístico e nos subsequentes movimentos de arte reavivaram o interesse no seu nome, até hoje.

MAIS DE CLAUDE MONET



Decorate your life!

Como Europosters, estamos no mercado desde 1999, e com o tempo tornámo-nos numa das maiores vendedoras de posters, murais de parede, imagens, réplicas de quadros e diversos itens de merchandising. Estamos a crescer ano após ano, e estamos a tentar ajustar a nossa oferta às vossas preferências. Podemos imprimir os vossos posters, emoldurar as vossas imagens, ou podemos inspirar-vos com o nosso blog, onde vão encontrar várias notícias de filmes, séries e ideias completamente novas para design de interiores.

Venham visitar o nosso site e descubram o que estava a faltar em vossa casa.

Escolhemos para vocês imagens, quadros e fotos mais bonitos de todo o mundo.
© 1999 – 2018 Europosters Todos os direitos reservados.
e-mail: info@europosters.eu,
tel.: +420 777 33 44 55 (só em inglês)

Este website utiliza cookies para garantir que obtém a melhor experiência de navegação nosso website. Mais informações Concordo ×
Top
Molduras Molduras Oferta de molduras
98% de clientes satisfeitos 98% de clientes satisfeitos Temos um negócio a toda prova.
Todos os artigos em stock. Todos os artigos em stock. Temos stock próprio e expedimos os artigos em 24h.
3+1 grátis 3+1 grátis O quarto poster é grátis
Programa de lealdade Programa de lealdade Poupe 10% em cada encomenda que fizer